Pages

 
 
sábado, 24 de julho de 2010

Bruxa de Blair – A verdadeira História

1771 - A Cidade de Blair é fundada

 

census

Senso de Blair de 14 de março de 1779

Fevereiro de 1785 - Elly Kedward é acusada de bruxaria

Elly Kedward
fevereiro de 1785

Diversas crianças acusaram Elly Kedward de atraí-las para sua casa e retirar sangue delas. Kedward é culpada por feitiçaria e banida do vilarejo durante um rigoroso inverno e tida como morta.

Novembro de 1786 - Elly Kedward é acusada e crianças da cidade desaparecem

Elly Kedward
novembro de 1786

No meio do inverno, todos aqueles que acusaram Kedward e a metade das crianças da cidade desaparecem de Blair. E juram nunca mais mencionar o nome de Elly Kedward de novo.

Uma cena representando o exílio de Elly Kedward da cidade de Blair.

Novembro de 1809 - O livro da Bruxa de Blair é publicado

O culto da Bruxa de Blair.
novembro de 1809

O Culto da Bruxa de Blair foi publicado. Este livro raro, considerado ficção, chamou a atenção de uma cidade inteira amaldiçoada  por uma Bruxa.

A única cópia existente conhecida do culto da Bruxa de Blair estava à mostra no museu da Sociedade histórica de Maryland em Baltimore em 1991. Desde então foi retornado para uma coleção.

Publicado em 1809, a cópia original do "culto da Bruxa de Blair" está muito estragado, com poucas partes escritas legíveis. Abaixo existem trechos de partes do livro que ainda podem ser lidas.

Foi testemunhado durante o inquérito da prisioneira kedward, que o enfeitiçado havia sido muito toturado....

... Tinha o formato do prisioneiro, o qual foi chicoteado com bastões de ferro.

... ao nascer do sol, estava em seu gabinete quando foi surpreendido pela forma deste prisioneiro: que olhou para ele, gruniu e o machucou muito, com pancadas na lateral ... e ... a forma se debateu no gabinete onde ele estava, e um livro estranho voou de suas mãos, para uns 6 ou 8 passos de distância dele.

... ele andou numa noite, e viu uma mulher comum entre o berço e a cama, a qual olhou para ele e o vulto desapareceu. Encontrou as portas todas balançando ... ele viu a mesma mulher com o mesmo traje; e disse, em nome de Deus, "Por que você veio?" Ele foi ... a criança no berço gritou e a mulher desapareceu, havia sangue ...

... com as portas fechadas, ele viu um vulto pulando para dentro pela janela, que veio e ficou em pé na sua frente. O corpo era como um macaco, os pés como de um cavalo, mas o rosto como o de um homem. Um dia depois, sob investigação, encontraram crinas de cavalo espalhadas.

... dentro dos buracos da falada parede, encontraram diversos marionetes, feitos com gravetos e pedaços de pano, todos sem cabeça.

Ela foi indiciada por enfeitiçar diversas crianças da vizinhança. A acusação foi feita de acordo com as formalidades ... em defender, não culpar ...

Pois esta forma do prisioneiro, por diversas vezes, angustiava, beliscava , mordia e furava-os com facas até sangrar...

Isto é o que era ela no corpo de Elly Kedward, que angustiava, atormentava, mordia, espetava, beliscava e estrangulava-os.

Esta pobre criança é enfeitiçada, e você tem um vizinho, que não mora longe, que é uma bruxa.

Paralelo a isso, o júri de mulheres encontrou um seio anormal sob seu corpo. Porém na segunda busca, dentro de três ou quatro horas, não havia nada mais para ser visto.

... Que ela havia visto o prisioneiro no ... e isto era Kedward, quem a persuadiu a ser bruxa. Ela confessou, que o demônio tinha relação com Kedward e ...

1824 -  Burkittsville foi fundada no velho local de Blair - Burkitsville  é localizada no município de Frederick em Maryland aproximadamente uma hora da capital Washington.

Burkittsville foi fundada no local onde era Blair

Rua principal de Burkittsville, do lado oeste.

Agosto de 1825 - 10 anos de idade, Ellen morreu afogada no riacho Tappy East

Doce Eileen
agosto de 1825

Onze pessoas testemunharam ter visto uma mão pálida de mulher puxando Eileen suavemente para dentro do riacho Tappy East. Seu corpo nunca foi encontrado e por 13 dias, após o afogamento, o riacho fica obstruído por causa de trouxas de gravetos oleosos.

Março de 1886 - 8 anos de idade, Robin Weaver é reportado como desaparecido.

Coffin Rock

Março de 1886

Coffin Rock na floresta de Black Hills perto de Burkittsville. Este é o local onde cinco homens estiveram procurando pelo desaparecido Rohin Weaver, foram encontrados com seus membros atados junto ao corpo. Cada um deles, foi estripado e estavam num estado de decomposição avançado. Marcas estranhas foram entalhadas em suas faces e mãos.

Coffin Rock
Março de 1886 Depois do desaparecimento do grupo que procurava por Robin Weaver, um segundo grupo foi mandado para encontrá-los. Esse grupo encontrou, em Coffin Rock, os corpos estripados dos integrantes do primeiro grupo, mãos e pés estavam amarrados juntos. Partiram para a cidade para buscar ajuda. Quando voltaram os corpos tinham desaparecido.

1903 - Nasce Rustin Parr

1913 - Rustin Parr muda-se para Burkittsville

1925-30 - Rustin Parr muda-se para a floresta de Black Hills

Floresta de Black Hills

Não foi surpresa quando decidiu construir sua casa nas montanhas, quatro horas a pé da cidade. Ele estava com 20 anos e levou quase cinco anos para terminar a casa. Uma linda casa de madeira de árvore perto de um riacho. Rustin continuou trabalhando na loja de seu tio por mais alguns anos, mas pouco a pouco ele começou a ir menos para a cidade. Sua tia morreu e seu tio mudou-se para Baltimore. Não sobrou então, motivo para que ele voltasse. Morou nesta casa desde então. Levava uma vida tranquila, fumando seu cachimbo e fazendo longas caminhadas pela floresta . Rustin era feliz, adorava a natureza e os animais por sua volta. Ele ia até a cidade apenas duas vezes por ano para apanhar mantimentos.

1940-41 - Sete crianças de Burkittsville, desaparecem.

Os sete de Burkittsville
1940-1941

Entre os anos de 1940 e 1941, oito crianças foram raptadas da pequena comunidade de Burkittsville, Maryland. No outono de 1941, os corpos de sete das crianças desaparecidas foram encontrados no porão da casa de Rustin Parr, em Black Hills. Todos os corpos estavam estripados e com marcas ritualísticas. A oitava criança, Kyle Brody, conseguiu escapar do assassino. Seu terrível testemunho acabou por levar Rustin para a forca.

13 de novembro de 1940 - Emily Hollands é raptada em 13 de novembro de 1940.

 

Primeira criança sequestrada

Nascida em 11 de maio de 1933, criada por seus pais Paul e Kimberly Hollands e seu irmão mais velho David. Paul trabalhava no Departamento de Retificação do estado de Maryland e utilizou de todos os seus contatos para achar o assassino, e então aplicar a pena correta quando Rustin Parr fora encontrado.

Sete corpos foram descobertos no porão da casa de Rustin Parr. Devido à humidade e ao alto nível de acidez no solo, a maioria dos corpos estavam decompostos. Alguns detalhes ainda permaneceram claros em alguns corpos que haviam sido liquidados recentemente.
Os detalhes que seguem foram notados pelo Dr. Clyde Mandrill, médico-legista do Município de Frederick.

5 de dezembro de 1940 - Kyle Brody é raptado.

kb_boy

 

Raptado 5 de dezembro se 1940

Kyle Brody antes do incidente Rustin Parr Kyle Brody foi a única criança que sobreviveu ao incidente Rustin Parr. Foi seu depoimento que condenou Rustin Parr. Alguns anos após as mortes, Brody enloqueceu..

8 de janeiro de 1941 - Terra Shelly é raptada

Terra Shelly

 

Raptada em 8 de janeiro de 1941

Segunda criança sequestrada

Nascida em 8 de janeiro de 1931. Criada por fazendeiros de trigo Terrance and Joanne Shelly; Terra era filha única, boa aluna e muito amiga de Emily Hollands.

ct1 (1)

c22

20 de fevereiro de 1941 - Stephen Tompson é raptado.

Steven Thompson
Raptado em 20 de fevereiro de 1941

 

Terceira criança sequestrada

Nascido em 20 de fevereiro de 1930, Steven era o quarto entre sete irmãos dos pais Todd and Linda. Todd, que era ativo na igreja local, tocava uma pequena venda na cidadezinha de Sykesville.

5 de março de 1941 - Michael Guidry é raptado

Michael Guidry
Raptado em 5 de março de 1941.

 

Quarta criança sequestrada

Nascido em 4 de abril de 1934, Michael foi criado pelos pais Robert e Thereza Guidry, e Joel , seu irmão 5 anos mais velho. Robert trabalhava no Departamento de Defesa em Washington DC e foi assassinado por um "tiro amigável" em 1944. Após o começo da guerra, Thereza mudou-se com Stanley para Bethesda para ficar perto de Washington DC. Michael era o melhor amigo de Kyle Brody.

c42

Erick Norris
Raptado em 13 de março de 1941.

 

Quinta criança sequestrada

Nascido em 17 de julho de 1929, para os pais Jefferson e Betty Norris, Eric tinha uma irmã Elaine que casou e mudou-se para longe de Maryland assim que atingiu a idade suficiente para isto. Sua familia ficou particularmente traumatizada com o episódio de Rustin Parr. Eric no Jardim de infância era tirânico (folgado) e sempre pegava Kyle Brody para provocar. Histórias dizem que Eric roubou o cachorro de Kyle Brody e se recusou a devolver.

2 de abril de 1941 -  Julie Forsyth é raptada.

Julie Forsyth
Raptada em 2 de abril de 1941.

 

Sexta criança sequestrada

Julie Leann Forsyth nasceu em 9 de novembro de 1932 por seus pais Joshua e Victoria, Julie tinha um irmão Stanley e uma irmã Carla. Joshua e Victoria eram razoavelmente pobres, e tentavam a sobrevivência em uma pequena fazenda de gado a qual Stanley administra.

20 de maio de 1941 - Margarett Lowell é raptada

Margareth Lowel
Raptada em 20 de maio de 1941.

 

Sétima criança sequestrada

Nascida em 16 de agosto de 1932 para seus pais Peter e Virginia Lowell. Margareth foi a última das oito crianças a desaparecer. Seus pais eram professores na escola local e Peter eventualmente se tornou diretor da escola de Burkittsville.

25 de maio de 1941 - Rustin Parr declara que finalmente terminou.

17 de julho de 1941 - Rustin Parr é condenado por assassinato.

Rustin Parr
17 de julho de 1941

Ilustração do depoimento de Kyle Brudy na corte do estado de Maryland

Em julho de 1941, Rustin Parr foi condenado pelo assassinato de sete crianças de Burkttisville encontradas em sua casa em Black Hills . O testemunho da oitava criança raptada Kyle Brody foi a chave para a condenação de Parr. Kyle testemunhou que ele foi forçado a ficar de pé no canto virado para parede enquanto aconteciam os assassinatos.

22 de novembro de 1941 - Rustin Parr é enforcado

Rustin Parr

 

Cobertura do caso Rustin Parr em 22 de novembro de 1941 artigo de Washington.

16 de julho de 1947- Kyle Brody é preso em Baltimore, MD

Kyle Brody
16 de junho de 1947

Kyle Brody é preso por vadiar em Baltimore, Maryland e sua família não pagou a pequena fiança solicitada pelo tribunal pois não é a primeira vez que isto acontece.
O incidente marcou o começo de uma vida cheia de problemas.

15 de janeiro de 1957 - Kyle Brody tenta se matar no (MSICI)

kyle Brody
15 de janeiro de 1957

 
 

Brody é internado no Manicômio Público do Estado de Maryland

5 de março de 1961 -  Kyle Brody é transferido para Reston Hill, GA

2 de junho de 1966 - Kyle Brody volta para o MSICI

Kyle Brody
2 de junho de 1966

Em 5 de março de 1961, Kyle Brody foi transferido para o sanatório de Reston Hills, Georgia. Incapazes de lidar com suas explosões, oficiais do sanatório o mandaram de volta para o manicômio público do Estado de Maryland no dia 2 de junho de 1966.

12 de março de 1971 - Kyle Brody comete suicídio no MSICI

Kyle Brody
12 de março de 1971

Kyle comete suicídio no manicômio MSICI em seu quarto, cortando os punhos com uma colher de madeira que ele afiou no chão de cimento da sua cela.

10-15 de março de 1969 - Rodam o White Enamel no MSICI  

White Enamel

10-15 de março, 1969

Este raro documentário foi rodado em 1960 em vários sanatórios de Maryland. MSICI, o sanatório que abrigou Kyle Brody, estava incluído na trilha. O arquivista do filme Chris Carrazco, apresentou argumentos com a trilha que provam que Kyle teve mais envolvimento nos assassinatos dos sete de Burkittsville do que antes se acreditava.

20 de outubro de 1994 - Os estudantes de cinema do colégio Montgomery, chegam em Burkittsville.

 

Cineastas
1994

Estudantes do colégio Montgomery, Michael Willians, Joshua Leonard e Heather Donahue decidiram fazer um documentário sobre a lenda da Bruxa de Blair.

Cineastas

20 de Outubro, 1994

Heather, Josh, e Mike mapeiam seu primeiro dia de filmagem na manhã de outubro 20, 1994.

Josh diz que alguém deve olhar por eles agora

Josh discute o que ele pensa estar acontecendo com eles

Mary Brown

20 de Outubro, 1994

Heather entrevista Mary Brown, uma mulher velha e louca que morou na área toda sua vida. Mary declara ter visto a Bruxa de Blair um dia perto do riacho Tappy na forma de um peludo, meio humano, meio animal.

21 de outubro de 1994 - Estudantes de cinema partem para a floresta

A Bruxa

21 de Outubro, 1994

Pescador local, Bob Griffin, descreve seu encontro com o que ele diz ser a bruxa de blair.

25 de outubro de 1994 - O carro de Joshua Leonard é descoberto pela polícia na estrada de Black Hills

Provas

1994 - carro de Josh é encontrado

O carro de Joshua Leonard é descoberto pela polícia na estrada em Black Hills em 25 de outubro de 1994

26 de outubro de 1994 - A polícia do estado, começa mais buscas  pelos estudantes desaparecidos

Procura

Um panfleto de pessoas desaparecidas foi postado pelo delegado para o município de Frederick inteiro em busca dos estudantes de cinema.

25 de outubro de 1994 - a primeira APB é publicada e o carro do Josh é encontrado no fim do dia estacionado na Black road. O delegado, e a polícia entram em ação imediatamente antes que a notícia se espalhe.

26 de outubro de 1994 - a polícia do estado de Maryland inicia a busca na área de Black Hills, a operação que dura dez dias e inclui 100 homens, cachorros e helicópteros

Angie ,  a mãe de Heather contrata um detetive particular Buck Buchanan para investigar o desaparecimento de sua filha. A procura levantou interesse de outras pessoas no caso, como do antropologista David Mercer

5 de novembro de 1994 - A busca chamou 33.000 homens para encontrar pistas dos estudantes ou alguns de seus pertences. A mãe de Heather, Angie Donahue, começou uma busca exaustiva atrás de sua filha e de seus dois companheiros.

19 de junho de 1995 - A procura continuou por vários meses e já trouxe resultados do desaparecimento dos estudantes. O caso é declarado não solucionado.

Procura

Mãe de Heather coloca centenas de cartazes em Burkittsville.

Angie Donahue, mãe de Heather coloca centenas de cartazes dos desaparecidos na área de Burkittsville, inclusive o desaparecimento de sua filha.

Procura

Investigador Particular Buck Buchanan

Buchanan foi contratado por Angie Donahue para uma investigação independente no desaparecimento de sua filha.

5 de novembro e 1994 - Param as buscas

19 de junho de 1995 - Caso declarado inativo

16 de outubro de 1995 - Sacola dos estudantes com filmes perdidos é encontrada

Provas

16 de Outubro, 1995 - Encontram a sacola de Duffel.

A sacola foi encontrada contendo filmes, fitas DAT, vídeo cassetes, uma câmera HI-8, um jornal e uma filmadora CP-16.O professor David Mercer e seus alunos da Universidade de Antropologia de Maryland descobriram a sacola enterrada debaixo da fundação de uma cabana de 100 anos

Legado

Onze latas de filme 16mm dos estudantes foram descobertas oito meses depois do desaparecimento dos estudantes.

 

Lata 1 - Na rua Lata/ 2 - passagem subterrânea dentro da floresta /Lata 3 - No cemitério lata 4 -  Na trilha/ Lata 5 -  Discussão sobre cigarros/Lata 6 Pilhas de pedras na trilha/ Lata 7 - Discussão em Coffin Rook/ Lata 8 - Ossos na Trilha/ Lata 9 - Levados a trilha novamente/ Lata 10 - Pilhas de ossos descobertas/ Lata 11 - Confissão de Heather

Provas em vídeo são encontradas

Parte um das provas documentadas da Delegacia do Municipio de Frederick. Polícia identifica e rotula metade dos pertences dos estudantes.

15 de dezembro de 1995 - Algumas pistas são mostradas aos membros das famílias.

19 de fevereiro  de 1996 - Delegado restringiu acesso as pistas.

1 de março de 1996 - Evidências declaradas sem conclusão. Caso refechado.

16 de outubro de 1997 - Angie leva pistas para Haxan Films.

Fonte: MensageirosDoCeu

26 comentários:

Postar um comentário

Atualizações Via E-Mail