Poltergeist: Combustão espontânea em Botswana

A casa inteiramente destruída


Família devastada após
terceiro incêndio misterioso.

Uma família de onze pessoas está implorando por ajuda após uma série de misteriosos incêndios destruírem a sua casa.

O último de uma trilogia de incêndios devastadores ocorreu esta semana, quando um armário que restou, e a tenda da polícia em que se abrigavam, também ficou em chamas.

Os incêndios inexplicáveis ​​que atormentam a família numa aldeia do Distrito Sul de Goodhope desde janeiro, tem confundido a polícia, que investiga os incidentes.

"Estamos tão surpresos com isso quanto a infeliz família. O problema é que o fogo começa quando não há ninguém em casa", explicou o Comandante da Polícia de Goodhope, Thapelo Ngiye.

Sadi Victorious Kgasa de Ramarumola, juntamente com sua família, foi autorizada a dormir temporariamente no antigo centro de formação profissional da aldeia pelos líderes tribais.

"A instalação ainda tem camas antigas e é aí que eu durmo", explicou Kgasa de 53 anos.

Grande parte da propriedade da família, incluindo a casa principal, camas, cobertores, alimentos, roupas e móveis foram destruídos durante o incêndio de Janeiro.

A família tem uma casa de três cômodos nos fundos da casa principal que eles alugam, mas o inquilino lhes permitiu utilizar uma sala para dormir após o primeiro incidente. Então em março quando o fogo atacou novamente, destruiu o quarto completamente e o restante da propriedade.

"Mesmo as roupas e outros itens que recebemos de caridade, após o primeiro incêndio, foram destruídos. O mistério é que a sala não tem eletricidade, e nada estava aceso quando pegou fogo. Não havia ninguém em casa e o fogo irrompeu como da primeira vez, "acrescentou Kgasa.

Sadi Kgasa


A família estava sobrevivendo com doações de alimentos da família e dos amigos, mas isso também foi perdido no incêndio da última quarta-feira.

Como abundam suspeitas de que o incêndio tenha sido causado por uma maldição demoníaca, um líder da igreja pentecostal é esperado para visitar a família em uma missão de intervenção espiritual.

"Acreditar no que mais? Alguém ou alguma coisa, tem a intenção de nos fazer sofrer ", disse Kgasa.

Ela disse a equipe de repórteres do Voice que a visitou na segunda-feira: "Nós os chamamos aqui porque sabemos que as pessoas vão ler o jornal e nos ajudar. Precisamos desesperadamente reconstruir nossa casa, e precisamos também de roupas, por isso estamos pedindo aos bons samaritanos que nos ajudem, por favor. "



Tradução: Carlos de Castro




Fonte: The Voice
Via: ArquivosDoInsolito
Share on Google Plus

About Wesley Fernandes

0 comentários:

Postar um comentário