Nascimento do Cervo - Cervine Birth


Em 2009, um estudante britânico de vídeo amador, fez o upload de um vídeo para o YouTube de uma peça recente que ele havia feito. Depois de muitas reclamações, o vídeo foi retirado do ar. A peça supostamente começa com uma cena de um prado nevoeiro que alguns acreditam ser localizado na Irlanda. O único som durante a filmagem é um leve assobio e que soa como uma fala abafada e ininteligível. A câmera começa a dar zoom em uma forma branca no campo. Depois de vários minutos tediosos, a forma revela-se um cervo albino. Um close de seus olhos aparece de repente, mostrando sinais de infecção e, possivelmente, os estágios iniciais de cegueira.

A cena seguinte é a de um cervo encarando um espelho por cerca de 1 minuto. Depois disso, a peça dá uma guinada para o bizarro com o cervo no reflexo movendo-se em dissonância com o "real". Aproximando-se, a câmera focaliza o cervo no reflexo, que começou a se movimentar de uma forma monstruosa e grotesca como se algo estivesse moldando-o como um pedaço de barro. Como estas contorções enervantes continuam, a câmera se afasta, mostrando uma cena do cervo "real" deitado no chão. As pessoas têm descrito o cervo como parecendo "estranhamente em paz."

A filmagem passa por cerca de dois minutos, a reflexão ainda está torcendo e gesticulando, mas o próprio espelho parece estar escurecendo. O cervo deitado no chão, em seguida, começa a excretar um líquido escuro debaixo de sua cauda, o que sugere que um "nascimento" está prestes a ocorrer. O "piche" (da tradução de "tar-like substance" que significa, no literal: algo parecido com piche, petróleo, alcatrão) continua a borbulhar e escoar para fora do cervo e para o chão. Este é o ponto em que muitas pessoas afirmam ter parado assistindo.

Alguns relatos variam sobre o que acontece em seguida, mas muitos descrevem uma cena em que um natimorto, infante humanóide nasce do cervo, coberto com o lodo escuro que o torna difícil de descrever exatamente o que parece. Alguns alegaram que era um modelo de um "híbrido humano-animal" unidos pela artista por causa deste filme. Um close embaçado do rosto do híbrido é visto por alguns segundos antes de ele corta de volta para o espelho, agora quebrado, dentro do mesmo campo do início. Uma cena em preto e branco de uma platéia aplaudindo é mostrado em câmera lenta, e, em seguida, o filme termina com uma cena de cinco minutos de uma tela preta acompanhada de murmúrio ininteligível sumindo lentamente em volume.

Muitos dizem que o filme não pode mais ser encontrado on-line, enquanto outros dizem que a faixa de áudio algumas vezes circula em programas de compartilhamento de arquivos como o BitTorrent. Há mesmo alguns que afirmam ter conseguido o filme através desses meios. Ocasionalmente, as imagens de superfície em placas de imagem e outros sites, mas o filme em si foi mal visto desde sua estréia inicial.

Um ano mais tarde, o artista postou outro vídeo no YouTube. Desta vez, foi a apenas cinco minutos de uma tela preta e silêncio, com apenas um link para um site de webcam na descrição para servir como prova. Espectadores descrevem vendo um par de pés pálidos ligeiramente girando acima de uma cadeira derrubada.

O criador do vídeo 'Nascimento dum Cervo' é mais conhecido por esta peça final chocante, mas muitos não conhecem seus trabalhos anteriores, que são semelhantes em termos de conteúdo e estilo. Filmado em preto e branco, a peça muitas vezes referida como "Foxtrot" foi criado no início de 2005. O filme começa com uma filmagem de uma floresta enluarada, com um desvanecer lento para o início da primeira cena. Um lobo magro, desnutrido, é visto cambaleando pela floresta, lamentando e chorando em uma voz assustadora, com o que parece ser uma corda amarrada em volta de seu pescoço.

A câmara segue a corda ao final, onde a filhotes de raposa podem ser visto arrastando atrás. Não é certo se os filhotes estão mortos ou não. O filme corta para uma breve filmagem da lua crescente, uma vez que lentamente se transforma em um borrão disforme. A trilha sonora do filme, até agora, consistiu principalmente de choro da raposa e uma trilha musical lamentando. Muitos descrevem como monstruosa e enervante.

Corta para uma clareira na floresta. A raposa é vista andando vagarosamente em direção ao centro, ainda arrastando seus filhotes atrás dela. A música se desvanece gradualmente em silêncio enquanto a raposa está se enrolando no chão, se preparando para morrer. Depois de alguns momentos com nada além de seus últimos suspiros quebrando o silêncio, um close do rosto é mostrado; seus olhos ainda estão brilhando sob a luz do luar.

Um par de pequeno, pálido, com as mãos infantis começam a acariciar seu rosto. Mais mãos pequenas começam a aparecer na cena antes da câmera lentamente tirar o zoom para mostrar o corpo da raposa ser coberto por carícias de mãos e braços.

A filmagem pisca algumas vezes antes de cortar para o interior de uma casa escura. A câmera faz o seu caminho lentamente em uma sala de jantar, onde uma família de cadáveres em decomposição é mostrada em seus assentos. Em cima da mesa é a mesma raposa, mas desta vez ela está vivo e saudável, cuidando de seus filhotes.

Closes dos corpos, revelam que eles possuem feridas indicando um possível suicídio em massa. Na última cena, uma mariposa é vista tremulando sobre uma lâmpada pendurada em um quarto escuro quando uma mão que só pode ser descrita como animalesco atinge-a e a desliga.



O Áudio realmente existe...

.  


Fonte: MedoB
Share on Google Plus

About Wesley Fernandes

0 comentários:

Postar um comentário