O Poltergeist de Einfield

 

No final de 1970, uma família em Enfield, norte de Londres, capturou a atenção da mídia do Reino Unido e, eventualmente, tornou-se assunto de interesse global. Em 1977,  Peggy Hodgson, se mudou para uma casa na vila de Brimsdown com seus quatro filhos. Logo depois, a família começou a observar  fenômenos inexplicáveis ​​que durariam  mais de um ano e ainda é inexplicável até hoje, apesar das investigações por parte da polícia, imprensa, mídias e peritos da Sociedade de Pesquisas Psíquicas (SPR) .
Peggy se mudou para a casa modesta com seus quatro filhos - Margaret (12), Janet (11), Johnny (10) e Billy (7) e  pouco tempo  depois  os eventos estranhos começaram a acontecer: móveis se movendo sozinhos, sons  que vinham  de dentro das paredes e os  brinquedos das  crianças, tais como bonecas, carrinhos  e Lego, que voavam pelo ar - e muitas vezes objetos ficavam extremamente quentes ao serem tocados.

Tanta movimentação atraia vizinhos curiosos e membros da imprensa e da polícia. Uma  policial que visitou a casa, assinou uma declaração dizendo  que viu se movimentando sozinha e repórteres  que não conseguiam  encontrar explicações para as ocorrências estranhas sugeriram que  Peggy procurasse  a SPR para investigar.
Os especialistas são chamados

Os investigadores paranormais Maurice Grosse e Guy Lyon Playfair  passaram  13 meses, com a família, narrando e investigando os eventos sobrenaturais que aconteciam - e foram convencidos pelas evidências apresentadas a eles que a casa estava assombrada por  um poltergeist. Durante este tempo, entre uma série de incidentes, houve 26 que os investigadores testemunharam, mas não conseguiram  explicar racionalmente, incluindo levitações, roupas de cama que eram  puxado para fora,  aparições, ar gelado, poças de água no chão, fogueiras que se acendiam e logo em seguida se apagavam , objetos que desapareciam e apareciam  de forma aleatória novamente em uma data posterior e o equipamento que  falhava ou  ficava com interferências - uma equipe de TV BBC que visitou a casa mais tarde descobriu o metal dentro de suas máquinas se estragaram  e as  gravações  haviam sido misteriosamente apagadas.
Grosse e Playfair também estavam presentes quando Janet estava aparentemente possuída  e falando com uma voz estranha. Enquanto possuída, Janet se referia  a si mesma como Bill,  e dizia  que ele havia morrido de uma hemorragia cerebral na casa alguns anos antes e logo em seguida , exibia um olhar cruel  e ficava xingando e fazendo piadas. Curiosamente, os especialistas foram contatados separadamente por um homem que alegou que ele era filho de Bill.
Além de uma súbita explosão de atividade em 1980, os eventos pararam  de acontecer em setembro de 1978 e nada de sobrenatural aconteceu na casa desde então.
Foi a família assombrada por um poltergeist?
Os dois  investigadores da SPR que passaram  um tempo com a família se convenceram  que as crianças tinham sido a causa de toda a atividade depois que os encontraram  entortando colheres. Embora  Janet e Margaret admitiram publicamente , elas permaneceram  convencidas de que o resto dos incidentes eram verdadeiros.
Um livro foi publicado e intitulado This  house is Haunted ; e, em 2010, constatou  com os resultados das pesquisas realizadas pelo Jornal da Sociedade de Pesquisas Psíquicas, que mostrou que as gravações feitas na casa não poderiam ter sido causados  por  atividade humana. As gravações foram analisadas em detalhes  e os sons feitos neles replicados  em condições científicas, que não produzem as mesmas ondas sonoras como as feitas na casa Enfield.

Playfair explicou: "Isto é absolutamente o maior passo nos últimos 30 anos, e é facilmente reprodutível como todas as provas científicas devem ser ... Ao fazer esta pesquisa, a ordem científica pesquisa uma área muito louca - atividade poltergeist. Eu não acho que isso já foi feito antes. "
Na cultura popular
O caso foi analisado e discutido em inúmeros documentários, livros e artigos. Também inspirou o infame 'mockumentary' Ghostwatch BBC que foi transmitido no Dia das Bruxas, em 1992, e pretendia documentar os estranhos acontecimentos vividos por uma família em Londres, que foram assombrada por um poltergeist conhecido como 'Pipes' (dizem que o documentário foi tão assustador, que foi banido do Reino Unido por quase uma década). Enquanto parece não  haver nenhum acordo entre os especialistas sobre a autenticidade do caso  poltergeist  de Enfield, aqueles que foram realmente afetados por ela estão certos de  que o que ocorreu foi real e não tem outras explicações para os eventos.


Share on Google Plus

About Wesley Fernandes

0 comentários:

Postar um comentário