Onironautas: Os controladores de sonhos



Onironauta foi um termo criado por Stephen La Berge na Universidade de Stanford, em 1980. O termo se refere a pessoas capazes de dominar o sonho e assim conduzi-lo da forma que desejar.
Se alguma vez você percebeu que as coisas estavam estranhas, um tanto irreais, e ao analisar melhor o ambiente você descobriu que estava sonhando, e aí acordou? Bem, se isso já aconteceu com você, então você teve um sonho lúcido.

Sonhos Lúcidos

Esse tipo de sonho acontece quando nele ocorre uma "percepção consciente" que temos em relação a algo de dentro do sonho.
Isso resulta numa experiência da qual temos uma recordação muito clara e nítida, e que temos controle sobre nossas ações e até no próprio desenrolar do sonho. Ou seja, a partir do momento em que você percebe que está sonhando, pode simplesmente fazer e ser quem quiser, que vai estar tudo bem!
Uma explicação simples para o que é um sonho lúcido seria "sonhar enquanto sabemos que estamos sonhando", como definiu o pesquisador Stephen LaBerge, um dos líderes no estudo sobre o fenômeno.
Pesquisas realizadas em laboratórios do sono divulgadas até agora mostram que os sonhos lúcidos ocorrem nos últimos ciclos do sono. São as fases REM tardias (estágio 5 da imagem abaixo), onde o período de sonhos mais intensos é maior. Isso significa que, numa noite de sono, é preciso dormir mais do que 6 horas para começar a atingir as melhores fases do sono, e assim ter chances de ficar consciente enquanto sonha.
LaBerge e outros estudiosos do assunto chamaram as pessoas que conseguem intencionalmente ter sonhos lúcidos de "onironautas", que vem do grego e significa literalmente "exploradores de sonhos". São pessoas que conseguem dominar seus sonhos e conduzi-los da forma que desejam.

Como se tornar um onironauta

Não seria interessante poder controlar os seus sonhos? Evitar aqueles sonhos malucos e errantes que nos fazem rolar a noite na cama sem conseguir dormir direito? Pois bem, existem algumas técnicas que podem ser usadas para garantir algum controle sobre o que estamos sonhando.
Segundo um estudo realizado pela IPOM (Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente) descobriu-se que estatisticamente 69% dos brasileiros avaliam seu próprio sono como ruim ou insatisfatório. Nesses 69% estão incluídos aquelas pessoas que tem dificuldades em pegar no sono, as que acordam várias vezes a noite e aquelas que acordam durante a noite e não conseguem voltar a dormir.
É uma porcentagem bem alta. Imagina como deve ser desconfortante não dormir bem e extremamente difícil entrar em todas as fases do sono e na fase REM, tão cobiçada por nós.
As causas são bem diversificadas, como:
  • Estresse: Evite dormir lembrando-se das suas preocupações. Lembre-se, seu leito é sagrado, nele deve haver paz e o conforto necessário para propiciar o seu descanso e quem sabe a sua lucidez no sonho;
  • Ansiedade: Sofria muito de ansiedade, e sei como é difícil controlá-la, mas procure ficar relaxado e com a mente limpa. Dê lugar a sua imaginação. (Procure técnicas de relaxamento e de controle para ansiedades);
  • Depressão: A vida é bela, não deixe a depressão torná-la preto e branco;
  • Uso de remédios: "Leia a bula". Alguns medicamentos podem causar insônia em algumas pessoas;
  • Fatores ambientais: "Ah mosquito maldito!!". Barulho, luminosidade e por incrível que pareça a cor da parede podem afetar a sua noite de sono;
  • Cafeína, álcool e nicotina: Normalmente são as mais usadas;
  • Doenças: Podem ser a causa. Procure o seu médico, e não se esqueça de fazer um checkup periodicamente;
  • Irregularidade de horários: Somos uma maquina! Se alteramos o horário de funcionamento, ou se funcionamos além do limite, podemos ter uma noite péssima além do mal que isso causa para nossa saúde;
  • Comer demais tarde da noite: Lanchinho antes de dormir, não almoço. Coma comidas leves, facilitará a digestão enquanto você dorme, evitando desconfortos que poderão atrapalhar a sua noite de sono;
  • Inatividade física: Procure fazer alguma atividade física, seu corpo agradecerá e também você terá boas noites de sono.
Poder controlar os sonhos pode ser uma ferramente interessante para melhorar a qualidade das noites.
Várias universidades pelo mundo continuam as pesquisas neste campo, desenvolvendo técnicas e aprendendo mais sobre os efeitos dos sonhos lúcidos, assim como fazem agências independentes como a do próprio LaBerge, o "Instituto de Lucidez". Com isso, algumas técnicas foram desenvolvidas para facilitar o sonho lúcido intencional, que não garantem resultado, mas que são amplamente utilizadas pelos onironautas e pesquisadores da área.

Criar um diário dos sonhos

A ideia é que todo dia ao acordar você descreva como foi seu sonho.
Não importa se lembra ou não dos detalhes de lugares e pessoas presentes nele, apenas anote o máximo de coisas que conseguir. Seja num bloquinho, caderno, celular ou tablet, o importante é anotar todos os dias logo quando você acorda. Existem até apps que te auxiliam nesse diário, um dos principais é o Awoken, disponível para android.
O importante é não deixar pra escrever horas depois, pois sabemos que após 10 minutos você vai lembrar de mais nada do que sonhou.
Esta técnica tem como objetivo ajudar com que se lembre de seus sonhos, pois se você não consegue lembrar deles é porque não são muito vívidos, e assim a probabilidade de você conseguir um sonho lúcido é baixa. Além do mais, caso você consiga ter um, as chances são grandes de você nem lembrar do que aconteceu depois.

Fazer testes de realidade

O princípio dos "testes de realidade", segundo pesquisadores, consiste no fato de testarmos o tempo todo no nosso dia a dia se estamos dentro de um sonho ou não. Afinal, quem garante que você esteja realmente acordado neste exato momento? Coisas que fazemos durante o dia costumam fazer parte dos nossos sonhos a noite, a ideia dos testes é criar rotinas diárias de verificação. Essas rotinas podem começar a fazer partes dos nossos sonhos, e quando isso acontecer elas podem servir como uma espécie de "gatilho" que nos alertará de que aquilo é um sonho.
Existem, portanto, alguns testes que nos provam se estamos dentro de um sonho ou tudo isso está acontecendo de verdade na vida real mesmo:
Olhar para um relógio - Quando você estiver num sonho um tanto fora do comum. Se você olhá-lo por um instante e tiver mostrando uma hora, olhe novamente pois não estará mais. Números, letras ou símbolos, nunca se sabe o que o relógio no mundo dos sonhos pode mostrar. Durante esse período o que predomina em nossa mente são áreas responsáveis pela criatividade e imaginação, por isso fica tão difícil ler textos ou números.
Olhar para um espelho - Também é um ótimo teste, pois dentro de um sonho ele pode mostrar várias coisas, e dificilmente uma delas será seu exato reflexo.
Olhar pras próprias mãos - Talvez seja o teste mais prático de se fazer durante o dia. Fique olhando por alguns segundos pras suas mãos, se elas se comportarem normalmente, não mudarem de tamanho, tremerem, embaçarem ou fizerem seja lá o que for, você está acordado. Uma técnica muito utilizada também é a de puxar um dos dedos, se ele começar a esticar conforme você puxa é sinal que você está sonhando.
Se beliscar - Aquela história do "me belisca pra saber se eu tô sonhando" realmente funciona. Você consegue se beliscar nos sonhos sem sentir dor, enquanto na vida como ela é, isso não ocorre.
Lembrar o que fez nos últimos minutos - Esse só exige um pouco de massa cinzenta mesmo. Você se lembra como veio parar aqui? Onde estava há 15 minutos? O que estava fazendo? E antes? Caso não se lembre, há grandes chances de que esteja sonhando.
Mas caso se lembre de tudo isso, significa que está acordado, pois nos sonhos não existe esta bela ordem contínua dos acontecimentos. Lá você está tranquilamente na sua casa cozinhando, e de repente vai parar dentro de um navio pirata, para logo em seguida aparecer no meio da escola em que estudou no ensino fundamental.
Lembrando que fazer esses testes não garante que você consiga ter sonhos lúcidos.
Há pessoas que conseguiram sem nunca terem feito nada disso, enquanto outras já tentaram de tudo mas nunca tiveram um sequer. E tem gente até que consegue perceber que está sonhando, mas se anima tanto na hora que acaba acordando.


Share on Google Plus

About Wesley Fernandes

0 comentários:

Postar um comentário