Motoqueiro Fantasma faz justiça em Teresina

Desde a última segunda-feira (13-07-15), mais de 300 mil pessoas compartilharam as fotos de um homem mascarado que estaria atuando como justiceiro para impedir crimes em Teresina, capital do Piauí. O “motoqueiro fantasma”, como foi apelidado nas redes sociais em alusão ao personagem dos quadrinhos que foi interpretado no cinema pelo ator Nicolas Cage, teria sido responsável pela morte de um homem que tentou assaltar um posto de gasolina da cidade, no dia 5 de julho. De acordo com a Polícia Civil do Piauí, o justiceiro não existe e trata-se apenas de um boato espalhado pela internet.
Na foto que viralizou pelas redes, o homem aparece com uma máscara preta, uma roupa da mesma cor e uma corrente pendurada no pescoço. Segundo a publicação, ele, como um super herói, atuaria apenas durante a noite, para que não tivesse a identidade descoberta. Antes da informação da polícia desmentindo o caso, a foto já havia sido publicada em vários sites e blogs, que relatavam a existência do justiceiro como algo verídico.
O delegado Francisco Barêtta, coordenador da Delegacia de Homicídios, foi categórico ao afirmar que isso não passa de um boato. “Isso é uma irresponsabilidade muito grande. Como se não bastasse a violência cotidiana, a população agora tem que conviver com essas historinhas. Não passa de um boato irresponsável, pois todos os homicídios ocorridos na capital nós temos a identificação do autor ou informações preliminares, mas nenhum jamais tem ligação com essa bobagem”, afirmou.

A tentativa de Assalto

Sobre o que ocorreu no posto de gasolina, a polícia diz que dois homens armados tentaram assaltar o estabelecimento e uma pessoa disparou contra os ladrões, matando um homem identificado como Paulo Henrique Soares Dias, de 20 anos. O outro suspeito fugiu. O autor dos disparos, ainda de acordo com a polícia, também não foi localizado na hora. A polícia ainda apura, mas a principal suspeita é de que um segurança que trabalha armado na região tenha sido o responsável.

O assunto continua "bombando" nas redes sociais

Apesar de a informação ter sido desmentida pela polícia, milhares de pessoas seguem compartilhando a imagem. Nos comentários, muitos internautas pedem que o tal justiceiro realize serviços em suas cidades. Na página “Maringá Alerta”, em que a publicação já superou a marca de 330 mil curtidas, 220 mil compartilhamentos e 65 mil comentários, o comentário mais curtido diz: “Brasília está esperando você, meu jovem justiceiro”. O tom da maioria das mensagens seguiu a mesma linha: “Quero um autógrafo desse cara”, “O Brasil merece uma pessoa assim dentro do congresso em Brasília, lá tem muito ladrão do povo”, “Valeu, motoqueiro fantasma! Vai matando esse vermes e manda o número da sua conta que eu pago o combustível da sua moto”, foram alguns dos comentários publicados.

A possível origem do viral

Segundo o site E-Farsas, que foi uma das fontes usadas para a compilação dessa postagem, um dos primeiros (ou o primeiro) blogs a publicar a respeito desse suposto justiceiro foi o Luis Cardoso, no dia 13 de julho de 2015. Infelizmente, não há nenhuma fonte que comprove a veracidade da matéria. Nem mesmo o redator do artigo apresenta provas do que foi publicado. Apenas podemos, no artigo, ver uma foto de um homem mascarado em uma motocicleta.
Não se sabe como a foto foi tirada ou se ela é apenas ilustrativa, mas o fato é que inúmeros sites e blogs começaram a copiar a notícia e a usar a fotografia do homem mascarado como se ele fosse o tal Motoqueiro Fantasma.

Conclusão

Ao que tudo indica, não há (ainda) outros crimes associados ao suposto Motoqueiro Fantasma e, tampouco a existência de um homem mascarado “resolvendo” crimes em Teresina. No entanto, é bem provável que a fama desse boato acabe fazendo com que alguém tenha a infeliz ideia de tornar essa lenda real.
Até que a polícia revele quem de fato foi o atirador que matou o assaltante do posto de gasolina o boato a respeito desse justiceiro mascarado continuará sendo difundido.
Esse caso é uma boa mostra do quanto o povo brasileiro tem sede por proteção e justiça, e como as pessoas estão descrentes em relação as autoridades que deveriam proteger o povo dos bandidos, afinal depositar a fé do combate ao crime a um herói mascarado é mais uma prova de que as coisas não andam bem. Fazer justiça com as próprias mãos é um dos muitos caminhos para o caos, basta lembrar do caso da mulher que foi assassinada por populares no Guarujá depois que uma postagem numa página do Facebook afirmou que ela sequestrava crianças para a prática de magia negra.
Algumas vezes parece que a polícia só investiga alguns poucos casos, seja por falta de contingente, ou por falta de vontade mesmo, e quando os oficiais da lei conseguem prender o culpado por um crime, muitas vezes a justiça dá a esse meliante uma pena minúscula, ou concede a ele regalias que não condizem com o ato que ele cometeu (esse é um tema polêmico e que possui vários fatores, sendo que todos eles são importantes e determinantes, mas como eu não tenho interesse em entrar nessa discussão, até porque ela nada tem haver com o tema do blog, lancei apenas esses tópicos para exemplificar a opinião a respeito da descrença do povo em relação a justiça, tenho consciência da amplitude do assunto, e sugiro que os amigos e amigas também passem a ter, sobretudo se você pensar em deixar algum comentário a esse respeito aqui no blog). Isso tudo causa cada vez mais decepção ao cidadão trabalhador que vive a mercê do medo e do perigo. Mas será que depositar a fé em um justiceiro mascarado é o melhor a fazer?

Fontes: G1, Extra e E-Farsas Via: Noite Sinistra
Share on Google Plus

About Wesley Fernandes

0 comentários:

Postar um comentário