Planeta anão Ceres fica ainda mais estranho com mais pontos brilhantes e inexplicável “pirâmide”










Se você já achava que as manchinhas do planeta anão Ceres eram estranhas, precisa ver essa inexplicável “pirâmide” que brotou em sua superfície.


Na verdade, Ceres tem intrigado os cientistas da NASA e os fanáticos por Objetos Voadores Não Identificados – popularmente conhecidos como OVNIs – há muito tempo.


Agora, depois de a sonda espacial Dawn dar uma visão aproximada de sua superfície, o entusiasmo em torno do planeta está ainda maior. 
 

O que as imagens mostraram


As imagens da Dawn capturaram aglomerados de pontos brilhantes em uma cratera e uma novidade surpreendente: uma espécie de pirâmide saltada na paisagem plana do planeta.


Pirâmide?


Essa formação é a mais recente aquisição da lista de “esquisitices” do planeta Ceres. Os cientistas, que já o pesquisam há muito tempo, têm muitas perguntas a respeito de suas características – mas será que vamos obter algumas respostas (finalmente)? Talvez. 
 

Esquisitices espaciais


A sonda espacial da NASA está em sua segunda fase em órbita a cerca de 5 mil km acima de Ceres, o que nos proporciona uma visão mais aproximada dos já famosos pontos brilhantes. Sabemos agora que há ainda mais pontos do que inicialmente havíamos visto em imagens do planeta anão.


Os cientistas acreditam que uma substância altamente reflexiva – gelo ou sal – é a responsável pelas manchas, mas ainda estão considerando outras opções. Felizmente, Dawn está equipada com um espectrômetro de mapeamento infravermelho que pode identificar minerais com base na maneira como eles refletem a luz. Conforme os cientistas conseguirem mais imagens e dados da sonda, saberão mais sobre a composição desses pontos. 
 

Mas o que é essa tal pirâmide?


Com base nas evidências visuais proporcionadas pela sonda, o acidente geográfico em forma de pirâmide se eleva a cerca de 5 km para cima do céu, e é uma ovelha negra no meio de uma área relativamente plana na superfície de Ceres.


Isto, contudo, não deve ser visto como uma grande uma surpresa: Ceres tem sinais reveladores de atividade geológica antiga, e até mesmo recente. O planeta anão tem cicatrizes em sua superfície que fazem alusão a fluxos de lava antigos, deslizamentos de terra e estruturas colapsadas.



A história de Ceres fica cada vez mais interessante. 
 


Para sanar mais dúvidas dos astrônomos, a sonda Dawn deve continuar a analisar o planeta anão até 30 de junho. Em seguida, vai refinar sua análise e chegar ainda mais perto, entrando em órbita a uma altitude de aproximadamente 1.500 km em algum momento de agosto. A expectativa é de que, quando esse momento chegar, a gente possa tirar muitas outras dúvidas a respeito de Ceres.
 

Share on Google Plus

About Wesley Fernandes

0 comentários:

Postar um comentário